Uma alentejana estava viúva há quatro anos …

0
3

Uma alentejana estava viúva há quatro anos e durante todo esse tempo não teve contato com nenhum homem.

A filha, cansada de ver a mãe tão triste, apresentou-a a um viúvo muito simpático.

Os dois acabaram por se darem muito bem.

Depois de seis semanas, a saírem todas as noites, o viúvo levou-a para um motel. Ela tira a roupa e fica nua, com exceção de uma minúscula cuequinha de renda preta.

Olhando para o viúvo disse: “Você pode fazer o que quiser comigo, mas aqui (apontando para a cuequinha), ainda estou de luto”.

Foi um verdadeiro balde d’água fria para o pobre homem.

Na noite seguinte, a mesma história. Ela tira a roupa e faz aquela mesma ladainha. Só que ela não esperava por esta.

O viúvo estava nu naquela situação vexatória e com o “pilau” coberto com uma camisinha preta.

Ela olha espantada e pergunta: Mas o que é isso?

Ele responde: Pois é, vim dar os meus pêsames! Já posso entrar?