Rui Costa vence a volta à Suíça

0
122

O português é o primeiro de sempre a vencer uma prova por etapas World Tour e nos últimos quilómetros da derradeira etapa assumiu a perseguição aos rivais. Rui Costa conquistou a Volta a Suíça após disputada a nona e última etapa, a mais exigente da prova e cujos 216 quilómetros chegaram a fazer perigar, por diversas vezes, a camisola amarela do corredor da Póvoa de Varzim. Mas o destino estava escrito e, com um Alejandro Valverde soberbo – o espanhol tal como na véspera foi um “gregário de luxo” no sacrifício ao português – Costa inscreveu pela primeira vez o nome de um português no lugar cimeiro da prova helvética. Antes, na prova cuja primeira edição data de 1933, apenas um português figurava anteriormente no pódio: Acácio da Silva (2º em 1984 e 3º em 1988). Na corrida até Sörenberg, Rui Costa teve que se defender do ataque de Frank Schleck na penúltima subida do dia, antes de enfrentar o ataque de vários adversários bem posicionados na geral na ascensão final, de 2ª categoria. Nos últimos quatro quilómetros, já sem Alejandro Valverde, Rui Costa pegou na corrida em mãos e assumiu a perseguição. A etapa acabou conquistada por Tanel Kangert (Astana), um dos fugitivos do dia, e Rui Costa cortou o risco na 10ª posição. No pódio, Costa, apoiado em grande número pelos emigrantes portugueses, foi secundado por Frank Schleck (Radioshack), a 14 segundos, e por Levi Leipheimer (Omega Pharma), a 21 segundos.