Resposta ao comentário/dúvida das Sras. Amélia Reis e Carina Lemos

0
166

Pergunta de Amélia Reis:

Boa noite.
Gostaria de receber informação para a seguinte situação.
Encontro-me desempregada, mas cancelei o subsidio de desemprego por um período de três meses que termina no final de Março. Como não consegui arranjar emprego em Portugal, pretendo emigar par a Suiça a fim de conseguir trabalhar lá. Poderei transferir o subsidio de desemprego pago em Portugal para a Suiça, e procurar emprego neste país? Como devo proceder e que direitos tenho? Agradecia que me informação dos procedimentos a adoptar.
Obrigada.

Pergunta de Carina Lemos:

Bom dia.
Eu e o meu marido estamos a pensar em ir trabalhar para a Suiça. O meu marido vai já com trabalho garantido mas eu não! Então o que devo fazer? Aqui em Portugal tenho trabalho, desconto para a segurança social á 6 anos, se me despedir e o meu patrão me der a carta para o fundo de desemprego posso pedir o fundo de desemprego lá mesmo nunca lá ter trabalhado? Se sim a quanto tempo de subsidio teria direito? E qual seria mais ou menos o valor?
Muito obrigado

Resposta:

Pode inscrever-se no Fundo de desemprego na Suíça, quando registar-se na sua freguesia de residência (Gemeinde), e obter a ajuda do fundo de Desemprego local para procurar um posto de trabalho, mas não lhe vão pagar qualquer subsídio de desemprego na Suíça, porque os descontos foram efectuados num outro país–Repito, pode inscrever-se nos Serviços de Emprego (RAV em alemão), para pedir ajuda em procurar um posto de trabalho, sem qualquer pagamento de subsídio dessa mesma prestação
Esclarecimento gentilmente escrito por Adelino Sá, colaborador do sindicato UNIA e director do jornal Gazeta Lusófona.