Rádio Alma Lusa

0
141

Hermínio Mendes é o mentor deste projeto A Rádio Alma Lusa nasceu no dia 9 de Fevereiro de 2009. O seu mentor é o Hermínio Mendes, 53 anos de idade, natural de Cantanhede, e chegou à Suíça no ano de 1984. A sua profissão é um faz tudo, como ele próprio o diz, e só não faz é dinheiro. Tem uma equipa que leva a todos os cantos do mundo uma programação variada e completa, que é já um ponto de referência para muitos ouvintes internautas. Como é que tu apareces no mundo da Rádio? Hermínio Mendes – Caí no mundo da Rádio por acaso. Comecei no ano 2004 ou 2005, não me recordo bem, sei que foi no dia 15 de Fevereiro e fui um dos sócios fundadores da Rádio Arremesso, cheguei mesmo a presidir a Rádio durante alguns tempos, depois, por razões várias, algo que não estava de acordo e que não me agradou, saí. É aí que aparece a Rádio Alma Lusa? Hermínio Mendes – Não. Depois fui para a Rádio Camões onde fui convidado a fazer um programa nessa estação. A Rádio Camões chegou a ter sede em Genebra e chegou a um momento que o detentor dessa Rádio foi-se embora e nunca mais disse nada. Da morte da Rádio Camões nasceu a Rádio Alma Lusa no dia 9 de Fevereiro de 2009. Quais são os objetivos da Rádio Alma Lusa? Hermínio Mendes – A Rádio Alma Lusa é uma Rádio que pensa nos artistas que não têm espaço nas outras Rádios. A Rádio Alma Lusa dá todo o tempo de antena a todas as pessoas. Todos têm lugar dos mais pequeninos aos grandes da música e não só. Os grandes geralmente não precisam da Rádio Alma Lusa. Diariamente recebemos cds, ficheiros, telefonemas e dá-mos a conhecer todo o trabalho destes artistas…não apenas o tema principal, mas sim todo o Cd…. Muitas das entrevistas são via telefone, reportagens, o espaço é para todos e queremos ser o mais abrangente possível. Somos uma voz ativa e que está a crescer dia após dia. A Rádio Alma Lusa tem uma equipa por trás? Hermínio Mendes – Quase toda a equipa está desde o início. À segunda –feira faço o programa com o António Contente que vem de Genebra. Aliás, a maior parte deles vêm de Genebra. À terça-feira temos os ritmos da noite com o Florival dos Santos, à quarta-feira temos o Jardim da cultura com a Fátima de Sousa das 20 às 21 horas e das 21 horas às 23 horas temos o Fama Show com a Fátima e com a Carla Santa Bárbara, à quinta-feira temos o programa das Tunas com o Nuno Simões, ainda o Nuno tem um programa em Língua francesa, onde divulga o nosso país, temos ainda a atualidade cruzada Talk Show com o Nelo Borges Carneiro e os seus convidados, às sextas-feiras temos os discos pedidos que é a Rosa dos Santos e Florival dos Santos que o apresentam, aos sábados da dez ao meio dia com o programa amanhecer na Alma Lusa com o Álvaro Relva, aos domingos de manhã temos o programa do Isaurindo sem Pão, é assim mesmo o nome dele, sobre o Alentejo, aos domingos à tarde temos as Miúdas FM, realizado por três jovens de 14 anos, e às 20 horas de domingo temos ainda o DJ Fly, somos assim uma equipa de cerca de 14 pessoas que dá-mos o nossos melhor à Rádio Alma Lusa. Vocês têm ainda diversas atividades, como a Mini Miss que se vai realizar no dia 29 de Setembro? Hermínio Mendes – Conseguimos desde o início dar forma a este concurso que tem sido sempre um sucesso. Este ano vai ser perto de Gland e como disseste vai ser no dia 29 de Setembro. Já fizemos o casting, foi muito divertido, e temos agora 27 finalistas para nos proporcionar uma noite diferente e num ambiente agradável. Vai ser uma alegria e uma grande festa. Este ano vamos ter dois escalões, dos 4 aos 7, e dos 8 aos 10 anos. Dois concursos paralelos, com dois primeiros prémios. O tema deste ano vai ser o Western, já compramos os chapéus, toda a indumentária, para colorir e para divertir. Já estou a revelar o tema, que geralmente só se sabe no próprio dia…(risos). Vamos ter um programa musical e a presença de algumas pessoas como a astróloga Cristina Candeias, o fadista Ricardo Neto…entre outras. O primeiro prémio é uma viagem para 4 pessoas à Disneylândia em Paris, ou seja, dois primeiros prémios, dado que temos dois escalões… a Rádio é que suporta todas as despesas. Em relação a patrocínios da parte dos portugueses é para esquecer, temos alguns apoios de empresas suíças. Mais alguma iniciativa prevista? Hermínio Mendes – Normalmente a Rádio Alma Lusa realiza dois eventos ao ano; a festa de Aniversário e a festa da Mini Miss. Este ano não foi possível realizar a festa do aniversário, mas estamos a preparar a do próximo ano, que será por volta de Fevereiro/ Março. Tens a noção onde estão os teus ouvintes? Hermínio Mendes – Sim, tenho. Os países onde mais se ouve a Rádio Lusa é em Portugal e na Suíça, depois um pouco por todo o mundo e felizmente que cada vez mais pessoas aderem a ouvirem o nosso projeto, é um motivo de orgulho que nos dá força a continuarmos a dar o nosso melhor. Estamos a atingir uma média de 50 mil ouvintes mensais, o que já é muito bom para uma Rádio na Web. O Futuro? Hermínio Mendes – É uma grande paixão, isto é uma carolice enorme, mas que nos dá muito força e muita vontade em continuar. Lucros não há, mas enquanto eu puder a Rádio Alma Lusa vai continuar a dar o seu melhor. Divulgar toda a música ligeira portuguesa e a nossa cultura é o mote de todos os dias.