Avioneta cai na Suíça e faz três mortos

0
25
Local do acidente na região de Diavoleza.
O acidente aconteceu no segundo voo do dia e ca. de 10 minutos depois de ter levantado.

Ainda está bem fresco na nossa memória o acidente com um avioneta, ocorrido na praia da Costa da Caparica à apenas dois dias, que vitimou duas pessoas, um adulto de 56 anos e uma criança com apenas 8 anos de idade e,  já um outro acidente envolvendo uma aeronave aconteceu. Desta vez o acidente teve lugar na Suíça, mais própriamente na região alpina da Engadina. Deste acidente resultaram 3 mortos, o piloto e dois jovens de 14 anos, havendo ainda uma jovem de 17 anos, ferida em estado grave.

O acidente aconteceu esta Sexta-feira, cerca das 9:30horas, em Pontresina, na região do Diavoleza, a cerca de 3‘000 de altitude. A aeronave que se despenhou era um monomotor Piper Archer II, que tinha descolado do aeroporto de Samedan.

Esta é a avioneta acidentada HB-PER.
Os jovens faziam o baptismo de voo neste Piper Archer II de 4 lugares pertencente ao Aeroclube da Engadina Alta.

As vítimas mortais faziam parte de um grupo de 192 jovens que partecipavam no 35.° campo de férias Pró Aéro que tem por objectivo “um primeiro contacto aprofundado com a aviação”. Do programa faz parte um baptismo do ar a partir do aeródromo de Samedan.

A avioneta acidentada fazia o segundo voo do dia.

O Ministério Público abriu um inquérito para tentar esclarecer as causas do acidente.

Duas tragédias seguidas

Este foi um dia triste na região Engadina. Duas tragédias aconteceram neste vale na mesma altura e muito perto uma da outra. Na Quinta-feira três alpinistas morreram na região Biancograt. Os três cairam numa ravina de cerca 300 metros.

Atendendo à queda de pedras e à localização dos corpos só na manhã de Sexta-feira foi possível ao heli da Air Bernina recolher as salmas dos três alpinistas. Pouco tempo depois a triste notícia: Mesmo ali ao lado caía uma avioneta.