Aumenta o número de Portugueses com passaporte Suíço

Em 2016, foram 4020 os que se tornaram suíços: é o valor mais alto desde 1991.

0
4
Emigração Pedro Couceiro

A Suíça regista uma corrida ao passaporte por parte dos emigrantes portugueses. No ano passado, foram 4020 os emigrantes que obtiveram a nacionalidade helvética. A ‘corrida’ à cidadania suíça acontece porque “provavelmente a partir do dia 1 de janeiro do próximo ano a lei de naturalização vai mudar, criando maiores dificuldades, nomeadamente a necessidade de dominar a língua”, explica Domingos Pereira, Conselheiro das Comunidades Portuguesas na Suíça. A Suíça tem quatro línguas oficiais: francês, italiano, alemão e romanche.

O Gabinete Federal de Estatística da Suíça indica que, desde 1991, nunca ocorreram tantos pedidos de cidadania de portugueses. Nesse ano, foram 146 os que obtiveram a nacionalidade suíça. Em 2010, foram 2217.

Desde 2010, foram 18 687 os portugueses que receberam o passaporte suíço.

No último ano, dos 4020 que se tornaram helvéticos, 1740 nasceram na Suíça. Domingos Pereira acredita que a “segunda geração não vai regressar às origens da família, em muitos casos em concelhos muito desertificados”. Além disso, “a instabilidade laboral pode gerar a perda de autorização de residência”, explica.

Scan artigo CM