Acidente horrível em Thurgau na Suíça

0
147

Cidadão português perde a vida num brutal acidente de viação.

Huttlingen-TG – Na noite de Sábado aconteceu um acidente de viação que ceifou a vida a um cidadão português de 50 anos. No seguimento do acidente o Audi incendiou-se e Jacinto C. morreu carbonizado.
Por volta da 1.00h da madrugada de Sábado 28, Jacinto circulava na A7 ao volante do seu Audi, e dirigia-se para sua residência nos terrenos da Kibag, a firma onde à muitos anos trabalhava, em Müllheim-Wigoltingen no cantão de Thurgau . Ele tinha intenção de mostrar aos seus colegas e amigos as fotos da festa do seu 50° aniversário. Poucas centenas de metros antes da saída da autoestrada a viatura de Jacinto foi abalroada por um potente Audi RS4 de 420 PS. A violência do impacto impediu o conductor de controlar a sua viatura que embateu violentamente nas guardas de proteção da autoestrada incendiando-se de imediato – Jacinto C. ficou encarcerado.

Os bombeiros de Frauenfeld foram céleres a chegar ao local do acidente. Incêndio extinto e, quando se dirigiram à viatura, depararam-se com um corpo ao volante completamente carbonizado e sem ipoteses de ser identificado. “ Tivemos de recolher o crâneo que estava no compartimento para os pés” disse um dos bombeiros. A impossibilidade de identicação levou a que as autoridades recolhessem DNA e se deslocassem a casa do infeliz Jacinto para recolher elementos pessoais. Os colegas do Jacinto estão em choque.
Segundo o seu primo Albino C., que trabalha na mesma firma, “Foi um acidente horrível. O impacto apanhou de surpresa o Jacinto”. Ele tinha chegado à uma semana de Portugal onde festejou o seu cinquentenário juntamente com a mulher e os seus três filhos (um rapaz e duas raparigas). “Como é que lhes posso explicar que não o voltam a ver?”.

Devido à complicidade a polícia solicita a alguém que tenha informações sobre o acidente para entrar em contacto atravéz do telefone 052 728 22 22

Incrível: O conductor da viatura que provocou o acidente, um cidadão de nacionalidade suíça com 34 anos, ficou levemente ferido, não prestou primeiros socorros, não chamou assitência e apresentou 1,5 por mil de alcool no sangue.