Suíça colabora no combate aos incêndios em Portugal com o envio de três Pumas

Depois da Espanha, a Suíça enviou no sábado três helicópteros militares Super Puma para Portugal para ajudar a combater os incêndios que destroem o centro do país.

0
12
Mais de 990 bombeiros mobilizados, 305 veículos e quatro helicópteros e aeronaves. KEYSTONE

Três helicópteros Super Puma – e a tripulação – cerca de 30 pessoas – deixaram a Suíça no sábado, informou o Departamento Federal de Relações Exteriores (FDFA) em um comunicado. Eles tiveram que parar no norte da Espanha antes de entrar para a cidade de Monte Real, 120Km a nordeste de Lisboa, para começar as operações iniciais.

Suíça envia três heli para ajudar a combater os incêndios em Portugal. Militares e destacamento de apoio momentos antes da partida.


A Ajuda Humanitária da Agência Suíça de Desenvolvimento e Cooperação (SDC) também enviou uma delegação ao local. O destacamento, composto por um líder de equipa, um oficial de ligação, um logista e um especialista em incêndios florestais, será responsável por apoiar o pessoal do exército suíço e assegurar a coordenação com as autoridades portuguesas.


Record de ajudas

Esta é a segunda ação conjunta da Ajuda Humanitária da SDC e do Exército suíço neste verão. Em Julho, a Suíça tinha enviado helicópteros para ajudar a combater incêndios em Montenegro.

Os incêndios florestais continuam a devastar o centro de Portugal. Todos os dias sob temperaturas escaldantes, milhares de bombeiros lutam contra novos focos de incêndio: até 268 no sábado passado, um recorde desde o início do ano.

E o tempo prevê um novo aumento do risco de incêndio nos próximos dias. O governo decidiu nesta quinta-feira a declarar estado de calamidade pública em diversas regiões do centro e do norte do País.


Reforços espanhois e marroquinos

No geral em Portugal, os incêndios florestais devastaram 141.000 hectares de bosque desde o início do ano, de acordo com uma estimativa preliminar. Isso é três vezes mais do que a média durante a última década.

Portugal recebeu reforços cedidos por Espanha no contexto do mecanismo de assistência europeu. Contando com um Canadair marroquino, os bombeiros tiveram nesta quinta-feira o apoio de 160 homens, 27 veículos e quatro aviões de combate a incêndios de países vizinhos.