301 portugueses emigram por dia

0
72

No último ano saíram do País 110 mil portugueses. Crise explica perda de 1% da população. Reino Unido e Suíça lideram na procura de trabalho.

Emigraram no último ano 110 mil portugueses, ou seja, 1% da população. São 301 que saem diariamente, de acordo com o Relatório Estatístico 2014 – Emigração Portuguesa. As partidas ultrapassaram assim a barreira dos cem mil, uma realidade que não se verificava desde 1966, quando saíram do País 120 mil.

 Segundo o trabalho desenvolvido pelo Observatório da Emigração, o disparar das partidas resulta da “crise das dívidas soberanas”, realidade que obrigou Portugal a ficar sob resgate financeiro a partir de 2011. Nesse ano saíram 80 mil, o que representou um aumento de 14,2% face a 2010; em 2012, partiram 95 mil (mais 18,7%). Em 2013 o acréscimo foi de 15,7%.

No Reino Unido, em 2013, o crescimento foi de 47%. O país liderou a vaga de emigração nos últimos três anos, depois de a Suíça ter ficado no topo da tabela nos três anos anteriores (2008, 2009, 2010). Em 2008, terminava então o domínio espanhol, que levou mais de 60 mil portugueses para o país vizinho entre 2004 e 2007.

 O relatório não coloca a França, Angola e Moçambique entre os principais destinos da emigração portuguesa, devido à ausência de dados recentes fiáveis nestes países. Em relação à França, onde os registos consulares indicam a inscrição de mais de 1,2 milhões de portugueses, os dados com “fiabilidade baixa” indicam uma média de oito mil portugueses que chegam todo os anos. Em 2013, indica o relatório, receberam apoio do Estado português 947 idosos, num total de 2,2 milhões de euros, sendo que a maioria (637) residia no Brasil.

Por João Saramago in CM